O Neoplatonismo na Antiguidade Tardia : Repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa

O presente repertório apresenta as obras reunidas de 1964 à 2010 por Luciana Gabriela Soares Santoprete, Loraine Oliveira, e Emmannuela Freitas de Caldas, no « Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo. Parte II: Elenco de autores e títulos », Revista Archai : Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, (5), julho 2010, p. 236-287, Universidade de Brasília, Brasil. Para a versão online, clique aqui.

Esse repertório foi complementado com dois outros artigos:

  • Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo da Antiguidade Tardia. Parte I. Archai: Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, (5), julho 2010, p. 151-216, Universidade de Brasília, Brasil. Clique aqui para acessar a versão online.
  • Anexo à Parte I do Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo da Antiguidade Tardia. Archai: Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, (5), p. 217-236, Universidade de Brasília, Brasil. Clique aqui para acessar a versão online.

 

As obras de 2011 à 2018 foram reunidas no artigo « Segundo repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo : 2011-2018 », Luciana Gabriela Soares Santoprete, Loraine Oliveira, Mayã Fernandes, e será publicado em 2019 na Revista Clássica – Revista Brasileira de Estudos Clássicos. Após a publicação do artigo as obras serão citadas aqui.

 

1964

DIAS, Arnaldo de Pinho. A Isagoge de Porfirio e a lógica conimbricense. Revista Portuguesa de Filosofia, Braga, v. 20, p. 108-130, 1964.

 

1965

CUNHA, Maria Helena Ribeiro. O neoplatonismo amoroso na Ode VI. Revista Camoniana, v. 2, p. 116-128, 1965. ISSN 0103-3239.

GOMES, Joaquim Ferreira. Pedro da Fonseca e a Isagoge de Porfírio. Broteria, Lisboa, n. 81, p. 180-186, 1965.

 

1978

HARLAND, Michael. Plotino e Jung na obra de Guimarães Rosa – I. Revista Colóquio/Letras, n. 46, p. 28-35, 1978.

1979

HARLAND, Michael. Plotino e Jung na obra de Guimarães Rosa – II. Revista Colóquio/Letras, n. 49, p. 20-33, 1979.

 

1991

BRUN, Jean. O neoplatonismo. Tradução José Freire Colaço. Lisboa: Edições 70, 1991. (Coleção Biblioteca Básica de Filosofia). Tradução de: Le Néoplatonisme. Paris: PUF, (Coleção Que sais-je?)

SCANTIMBURGO, João de. Nota sobre Plotino. Revista Brasileira de Filosofia, 39, n. 163, p. 214-216, 1991. ISSN 0034-7205.

 

1992

MACEDO, José Costa. Do sagrado em Plotino e Santo Agostinho. Mediaevalia, Porto, n. 2, p. 35-67, 1992. ISSN 0872-0991. Disponível em: Repositório-aberto.up.pt

 

1994

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino: pagão, panenteísta, místico. Teocomunicação, Porto Alegre, 24, n. 106, p. 685-690, 1994. ISSN 0103- 314X.

 

1995

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A processão em Plotino. Veritas, Porto Alegre, 40, n. 158, p. 157-164, 1995. ISSN 1984-6746.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino: o retorno ao Uno. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, 42, n. 179, p. 285-299, 1995. ISSN 0034-7205.

 

1996

BOÉCIO. Sobre o Bem Supremo. Tradução Luis Alberto de BoniVeritas, v. 41, n. 163, p. 559-563, 1996. ISSN 1984-6746.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A escatologia em Platão e Plotino. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 26, n. 114, p. 531-548, 1996. ISSN 0103-314X.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A processão em Plotino. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, 43, f. 183, p. 280-291, 1996. ISSN 0034-7205.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. O mito nas Enéadas de Plotino. Veritas, Porto Alegre, v. 41, p. 383-389, 1996. ISSN 1984-6746.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e os gnósticos. Teocomunicação, Porto Alegre, 26, n. 111, p. 121-143, 1996. ISSN 0103-314X.

 

1997

CHAIMOVICH, Felipe Soeiro. A filosofia na trilha do belo: Platão, Plotino e a autenticidade estética. Discurso, São Paulo, n. 28, p. 61-87, ISSN 0103-328x. Disponível em: revista.usp.br/discurso.

HRYNIEWICZ, Severo. A ética da autosalvação em Plotino. 1997. 166 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Gama Filho. Rio de Janeiro, 1997.

OLIVEIRA, Loraine. O belo no mundo sensível na filosofia de Plotino. 1997. 101 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1997.

REIS, José. O Tempo em Plotino. Revista Filosofica de Coimbra, Coimbra, 6, n. 12, p. 381-439, 1997. ISSN 0872-0851.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino na história. Teocomunicação, Porto Alegre, 27, n. 117, p. 359-379, 1997. ISSN 0103-314X.

 

1998

NOGUEIRA, Maria Simone Cabral Marinho. Considerações sobre o belo em Plotino. Phoînix, Rio de Janeiro, n. 4, p. 371-387, 1998. ISSN 1413-5787.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A ética em Plotino. Teocomunicação, Porto Alegre, 28, n. 119, p. 129-134, 1998. ISSN: 0103-314X.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. O conhecimento em Plotino. Teocomunicação, Porto Alegre, 28, n. 121, p. 413-431, 1998. ISSN: 0103-314X.

 

1999

COSTA, Marcos Roberto Nunes. O uno e o múltiplo na cosmologia de Plotino. Symposium, Recife, 1, p. 12-24, dez. 1999. Edição especial. ISSN 1982-9981. Disponível em: maxwell.vrac.puc-rio.br.

SOARES, Luciana Gabriela Eiras Coelho. Acerca da Beleza Inteligível: Peri tou Noetou Kallous. Tradução, comentários e notas da obra de Plotino, Enéada V, 8 [31]. 1999. 161 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro,

SPINELLI, Miguel. Neoplatonismo e Aristotelismo da Filosofia Árabe Medieval. Revista Portuguesa de Filosofia, Braga, v. 55, n. 1-2, p. 59-98, 1999.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A escatologia em Platão e Plotino. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, v. 44, n. 194, p. 211-231, 1999. ISSN 0034-7205.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. O Uno de Plotino é Deus. Teocomunicação, Porto Alegre, 29, n. 126, p. 627-632, 1999. ISSN: 0103-314X.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e o cristianismo. Teocomunicação, Porto Alegre, 29, n. 124, p. 235-242, 1999. ISSN: 0103-314X.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e o cristianismo. In: HACKMANN, Geraldo Luiz Borges (Org.). Sub umbris fideliter: Festschrift em homenagem a Frei Boaventura Kloppenburg. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1999. p. 363-371.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e os gnósticos. Hypnos, São Paulo, n. 5, p. 188-209, 1999. ISSN 2177-5346.

 

2000

BARACAT JÚNIOR, José Carlos. Enéada III. 8 [30]: Sobre a natureza, a contemplação e o Uno. Introdução, tradução e comentário da obra de Plotino, Enéada III.8 [30]. 2000. 245 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2002. Disponível em: repositorio.unicamp.br.

GALINDO, Caetano Waldrigues. De Futuris: Plotino, Agostinho e o futuro românico. 2000. 111 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2000.

NOGUEIRA, Maria Simone Cabral Marinho. Considerações sobre a alma na epistrophé plotiniana. Hodos, Aracaju, v. 1, p. 25-34, 2000.

SAVIAN FILHO, Juvenal. Os escritos teológicos de Boécio: tradução, introdução e notas. 2000. 226 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

SINÉSIO DE CIRENE. O elogio da calvície. Introdução e tradução: João Batista Camilotto. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.

SOARES, Luciana Gabriela Eiras Coelho. Exegese do tratado Acerca da Beleza Inteligível (V, 8 [31]) de Plotino. Ciências Humanas, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1-2, p. 63-88, jun./dez. 2000. ISSN 1413-5698.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. A estrutura do saber em Plotino. In: DE BONI, Luiz Alberto (Org.). A ciência e a organização dos saberes na Idade Média. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000. p. 11-28.

 

2001

BAUCHWITZ, Oscar Federico (Org.). O Neoplatonismo. Natal: Argos, 2001.

COSTA, Marcos Roberto Nunes. Crítica agostiniana à visão negativa da natureza material no maniqueísmo e no neoplatonismo. Nuevo Mundo, Buenos Aires, 1, p. 51-68, 2001.

COSTA, Marcos Roberto Nunes. O problema da moral no sistema ontológico-natural de Plotino. Studium, Recife, n. 7-8, p. 140-151, 2001. ISSN 1518-0913.

LUPI, João Eduardo Pinto Bastos. A cosmologia de Plotino. In: Bauschwitz, O. (Org.). O Neoplatonismo. Natal: Argos, 2001. p. 183- 190.

REIS, José. O Tempo de Platão a Plotino. Revista de História das Idéias, Coimbra, 22, p. 467-478, 2001.

SANTOS, Bento Silva. Plotino: uma perspectiva neoplatônica da estética. In: Neoplatonismo. Natal: Argos, 2001. p. 215-220.

TER REEGEN, Jan Gerard Joseph. Os elementos teológicos de Proclo. In: Oscar Frederico Bauchwitz. (Org.). O Neoplatonismo. Natal: Argos Editora, 2001. p. 267-286.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. O Uno de Plotino é Deus. In: SULIANI, Antônio (Org.). Etnias e carisma. Porto Alegre: EDIPUCRS, p. 958-962.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. O Uno de Plotino é Deus. Revista Brasileira de Filosofia, São Paulo, 51, n. 204, p. 521-526, 2001.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino: a relação entre o Uno e o Nuevo Mundo, Buenos Aires, v. 1, n. 1, p. 19-29, 2001.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e sua influência na história. In: BAUCHWITZ, Oscar Federico (Org.). O neoplatonismo. Natal: Argos, 2001. p. 293-308.

2002

BARACAT JÚNIOR, José Carlos. Aspectos da contemplação plotiniana. Phaos, Campinas, n. 2, p. 5-32, 2002. ISSN: 1676-3076.

CIRNE-LIMA, Carlos. Sobre o Uno e o múltiplo em Plotino. In: SOUZA, D. (Org.). In: Amor scientiae: festschrift em homenagem a Reinholdo Aloysio Ullmann. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002, p. 79 -110.

LUPI, João Eduardo Pinto Bastos. O belo e o número: Plotino e Agostinho. In: SOUZA, D. (Org.). Amor scientiae: festschrift em homenagem a Reinholdo Aloysio Ullmann. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002, p. 393-403.

NOGUEIRA, Maria Simone Cabral Marinho. Mística, linguagem e silêncio na filosofia de Plotino. Mirabilia, Campina Grande, n. 2, dez. 2002. ISSN 1676-5818. Disponível em: www.revistamirabilia.com.

PORFÍRIO DE TIRO. Isagoge: introdução às categorias de Aristóteles. Introdução, tradução e comentário Bento Silva Santos. São Paulo: Attar, 2002.

PUENTE, Fernando Eduardo de Barros O tempo e a alma em Plotino e Aristóteles. In: SOUZA, D. G. (Org.). In: Amor scientiae: festschrift em homenagem a Reinholdo Aloysio Ullmann. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002. p. 245-270.

RAFFAELLI, Rafael. Imagem e self em Plotino e Jung: confluências. Estudos de Psicologia, Campinas, 19, n. 1, p. 23-36, jan./abr. 2002. ISSN 0103-166X. Disponível em: scielo.br.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino: um estudo das Enéadas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002. 1. (Coleção Filosofia, 134)

2003

BAL, Gabriela. O silêncio em Plotino. 2003. 150 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP, São Paulo, 2003.

BALTES, Matthias. Boécio: estadista e filósofo. In: ERLER, Michael; GRAESER, Andréas (Org.). Filósofos da antiguidade: do helenismo à antiguidade tardia. Tradução de Nélio Schneider. São Leopoldo, RS: Unisinos, 2003. v. 2. p. 277-298.

BAUCHWITZ, Oscar Federico. Nihilismo e neoplatonismo. Boletim do CPA, Campinas, 15, p. 169-181, jan./jun. 2003. Disponível em: scribd.com/Platao-Niilismo-e-Neoplatonismo.

ERLER, Michael. Proclo: metafísica como exercício do tornar-se uno. In: ERLER, Michael; GRAESER, Andréas (Org.). Filósofos da antiguidade: do helenismo à antiguidade tardia, 2. Tradução Nélio Schneider. São Leopoldo, RS: Unisinos, 2003. p. 253-276.

O’MEARA, Dominic J. Plotino: o regresso da alma ao lar. In: ERLER, Michael; GRAESER, Andréas (Org.). Filósofos da antiguidade: do helenismo à antiguidade tardia, 2. Tradução Nélio Schneider. São Leopoldo, RS: Unisinos, 2003. p. 215-227.

OLIVEIRA, Loraine. Um retrato de Plotino. CaesuraCanoas, 22- 23, p. 49-56, jan./dez. 2003.

PLOTINO. Acerca da Beleza Inteligível: Enéada V, 8 [31]. Introdução, tradução e notas: Luciana Gabriela Eiras Coelho Soares. KriterionBelo Horizonte, 44, n. 107, p.110-135, jun. 2003. ISSN 0100- 512X. Disponível em: scielo.br/kriterion.

PROCLO DE CONSTANTINOPLA. Hino a Atena. Tradução David Mourão-Ferreira. Revista Colóquio/Letras, n. 163, p. 175, 2003.

SANTOS, Bento Silva. Os argumentos de Boécio (ca. 480-524) pro contra os Universais no Segundo Comentário à Isagoge de Porfírio. Síntese, Belo Horizonte, v. 30, n. 97, p. 187-202, 2003. ISSN: 2176-9389. Disponível em: faje.edu.br/periodicos.

SAVIAN FILHO, Juvenal. A distinção entre esse e id quod est no De hebdomadibus de Boécio. Coletânea, Rio de Janeiro, 2, n. 3, 2003. ISSN 1677-7883.

2004

ALBUQUERQUE, Érika Felipe de. A felicidade na dimensão ético-política de Boécio. 2004. 90 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2004.

BEZERRA, Cícero Cunha. Algumas considerações sobre a leitura procleana do Parmênides de Platão. Princípios, Natal, 11, n. 15-16, p. 99-107, jan./dez 2004. ISSN 1983-2109. Disponível em: periodicos.ufrn.br/principios.

COELHO, Cléber Duarte. A filosofia como modo de vida: Boécio e sua De philosophiae consolatione. 2004. 89 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

FERREIRA, Elisa Franca e. Plotino: a imanência e a transcendência do Uno. Contextura, Belo Horizonte, n. 1, 2 sem. 2004. ISSN 1807-6440.

NOGUEIRA, Maria Simone Cabral Marinho. Uma aproximação entre Plotino e Dionísio. In: COSTA, Marcos Roberto N., DE BONI, Luis A. (Org.). A ética medieval frente aos desafios da contemporaneidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004, v. 172, p. 67-81.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino: a relação do Uno (Archê) com o mundo. In: STEIN, Ernildo (Org.). A cidade de Deus e a cidade dos homens: de Agostinho a Vico. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004. 1. p. 33-50.

2005

BAL, Gabriela. Contemplação e ascese em Plotino. Agnes, São Paulo, n. 2, p. 83-99, 2005. ISSN 1808-3307.

BERGSON, Henri. Curso sobre Plotino. In: Cursos sobre a filosofia grega. Tradução Bento Prado Neto. São Paulo: Martins Fontes, 2005. p. 1-81. Tradução de: Cours de Bergson sur la philososphie grecque. Paris : PUF, 2000.

GOLLNICK, Silvania. Ontologia e conhecimento no Tratado 3 (49) de Plotino. 2005. 128 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2005.

MARQUES, Luis Cesar. Animula hospes comesque corporis: considerações sobre o retrato « interior », de Adriano a Plotino. Signum, São Paulo, v. 7, p. 129-163, 2005.

MARSOLA, Mauricio Pagotto. Epekeina tes ousias: estudo sobre a exegese plotiniana de República 509 b 9. 2005. 228 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

OLIVEIRA, Loraine. O belo em Plotino: do múltiplo ao Uno. Síntese, Belo Horizonte, 32, n. 103, p. 259-274, 2005. ISSN: 2176-9389. Disponível em: faje.edu.br/periodicos/Sintese.

PARENTE, Margherita Isnardi. Introdução a PlotinoTradução José Francisco Espadeiro Martins. Lisboa: Edições 70, 2005. Tradução de: Introduzione a Plotino. Roma-Bari: Laterza, 1984.

SANTOS, Bento Silva. Ockham e Porfírio: uma interpretação medieval do questionário da Isagoge. Redes, v. 3, p. 141-162, 2005. Disponível em: bentosilvasantos/ufes.

SAVIAN FILHO, Juvenal. A metafísica do ser em Boécio. 2005. 369 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade de São Paulo. São Paulo, 2005. Disponível em: livros01.com.br.

SAVIAN FILHO, Juvenal. Boécio e a ética eudaimonista. Cadernos de Ética e Filosofia Política, São Paulo, 7, 2 sem. 2005, p. 109-127. ISSN 1517-0128. Disponível em: repositorio.ufsc.br.

2006

BARACAT JÚNIOR, José Carlos. Enéadas I, II e III; Vida de Plotino. Introdução, tradução e notas das obras de Plotino, Enéadas I, II e III e de Porfírio, Vida de Plotino. 2006. 700 f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2006. Disponível em: repositorio.unicamp.br.

BEZERRA, Cícero Cunha. Compreender Plotino e ProcloPetrópolis, RJ: Vozes, 2006.

GALLEGO, Roberto de Almeida. O Uno e os éons: a soteriologia em Plotino e em sua polêmica antignóstica. 2006. 180 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, 2006. Disponível em:  pucsp.br.

MACEDO, Monalisa Carrilho; BAUCHWITZ, Oscar Federico (Org.). Estudos de Neoplatonismo. Natal: EDUFRN, 2006. v. 1.

OLIVEIRA, Paulo César Lage de. Interioridade e transcendência: o conhecimento de si mesmo e o retorno ao Uno em Plotino. 2006. 154 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade de Brasília, Brasília, 2006.

2007

BAL, Gabriela. Silêncio e contemplação: uma introdução a PlotinoSão Paulo: Paulus, 2007. Originalmente apresentada como dissertação de mestrado intitulada O silêncio em Plotino, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2003.

BARACAT JÚNIOR, José Carlos. A legitimidade da arte na filosofia de Plotino. Calíope, Rio de Janeiro, v. 16, p. 72-82, 2007. ISSN 1676-3521. Disponível em: letras.ufrj.br/caliope16.

BRANDÃO, Bernardo Guadalupe Lins. A União da Alma e do Intelecto na Filosofia de Plotino. Kriterion, Belo Horizonte, v. 48, n. 116, p. 481-491, dez. 2007. ISSN 0100-512X. Disponível em: scielo.br/pdf.

BRANDÃO, Bernardo Guadalupe Lins. Experiência mística e filosofia em Plotino. 2007. 146 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Faculdade de Filosofia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007. Disponível em: bibliotecadigital.ufmg.br.

BRANDÃO, Bernardo Guadalupe Lins. Só em direção ao só: considerações sobre a mística de Plotino. Horizonte, Belo Horizonte, v. 6, n. 11, p. 151-158, dez. 2007. Disponível em: pucminas.br/documentos/horizonte.

BRISSON, Luc. Pode-se falar de união mística em Plotino? Tradução Loraine Oliveira. Kriterion, Belo Horizonte, v. 48, n. 116, p. 453- 466, dez. 2007. ISSN 0100-512X. Disponível em: scielo.br/pdf.

CHAVES, Julio Cesar Dias. Neo-platonismo, apocalíptica e gnose os apocalipses filosóficos setianos. Oracula, São Bernardo do Campo, v. 3, n. 6, p. 115-129, 2007. ISSN: 1807-8222.

COSTA, Elcias Ferreira da. Comentário de Santo Tomás de Aquino ao De hebdomadibus de Boécio: advertência preliminar. Ágora Filosófica, Recife, ano 1, n. 1, p. 1-21, jul./dez. 2007. ISSN: 1982-999x. Disponível em: unicap.br/revistas/agora.

MARSOLA, Mauricio Pagotto. Plotino e o ceticismo. Doispontos, Curitiba, v. 4, n. 2, p. 247-273, out. 2007. ISSN: 1807-3883. Disponível em: ufpr.br/doispontos/article/viewFile.

MORAES, Emmanuel Victor Hugo. Beleza, amor e contemplação: sobre a possibilidade de se pensar uma estética em Plotino. Viso, Rio de Janeiro, n. 3, set./dez. 2007. ISSN 1981-4062. Disponível em: revistaviso.com.br/pdf.

OLIVEIRA, Loraine. Conhecer o tempo, conhecer no tempo: considerações sobre o tempo, mito e razão em PlotinoHypnos, São Paulo, n. 18, p. 78-89, 2007. ISSN 2177-5346.

OLIVEIRA, Loraine. Notas sobre lógica e dialética em Plotino (Enéada I, 3 [20] 4-5). Trans/Form/Ação, Marília, v. 30, n. 2, p. 167-178, 2007. ISSN 0101-3173. Disponível em: marilia.unesp.br.

OLIVEIRA, Loraine. Uma sinfonia de autoridades: notas sobre a exegese dos Antigos (Plotino, Enéada V, 1 [10], 8-9). Kriterion, Belo Horizonte, v. 48, n. 116, p. 467-479, dez. 2007. ISSN 0100-512X. Disponível em: scielo.br/pdf. 

PIAUÍ, William de Siqueira. Aristóteles e Boécio: natureza das coisas e eternidade de Deus. Ágora Filosófica, Recife, v. 1, n. 1, jul./dez. 2007. ISSN: 1982-999x. Disponível em: unicap.br/revistas/agora.

PINHEIRO, Marcus Reis. Cosmologia e divinação em Plotino. In: Macedo, M. C.; Bauchwitz, O. (Org.). Estudos de Neoplatonismo. Natal: Edufrn, 2007. p. 61-72.

PINHEIRO, Marcus Reis. O aprendiz do Belo: a arte-ética em Plotino. Viso, Rio de Janeiro, n. 3, set./dez. 2007. ISSN 1981-4062. Disponível em: revistaviso.com.br/pdf.

PINHEIRO, Marcus Reis. Plotino, exegeta de Platão e Parmênides. Anais de Filosofia Clássica, Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, p. 70-82, 2007. ISSN 1982-5323. Disponível em: researchgate.net.

Plotino. Tratados das Enéadas. Tradução Américo Sommerman. São Paulo: Polar, 2007. Tradução de: Das Enéadiu. [não é uma tradução direta do texto Grego]

STROGULSKI, Zuleika. O conceito de noûs (espírito) em Plotino. 2007. 123 f. Dissertação (Mestrado em Cognição e Linguagem). Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, Rio de Janeiro, 2007.

STROGULSKI, Zuleika; SECCO, Frederico Schwerin. Plotino e a contemplação do espírito. Revista da Academia Campista de Letras, v. 2, p. 19-46, 2007.

VIEIRA NETO, Ivan. A compreensão mística na obra de Jâmblico de Cálcis. MirabiliaCampina Grande, v. 7, p. 22-28, dez. 2007. ISSN: 1676- 5818. Disponível em: revistamirabilia.com/Num7

2008

BRANDÃO, Bernardo Guadalupe Lins. A Experiência mística intelectual na filosofia de Plotino. Hypnos, São Paulo, v. 21, p. 245-260, 2008. ISSN 2177-5346.

LUPI, João Eduardo Pinto Basto; GOLLNICK, Silvania. A Teoria emanacionista de Plotino. Scintilla, Curitiba, v. 5, n. 1, p. 13-30, jan./jun. 2008. ISSN 1806-6526. Disponível em: saoboaventura.edu.br/pdf/scintilla.

LACROSSE, Joachim. Uma passagem de Porfírio relativa ao Shiva andrógino dos brâmanes da Índia. Tradução Elisa Franca e Ferreira. Kriterion, Belo Horizonte, n. 117, 219-233, jun. 2008. ISSN 0100- 512X. Disponível em: scielo.br/pdf.

MALUF, Lilian Chaves. Porfírio e Daniel 7: debates acadêmicos entre Maurice Casey e Arthur Ferch. ArchaiBrasília, n. 1, p. 51-60, 2008. Disponível em: digitalis.uc.pt.

MARSOLA, Mauricio Pagotto. Plotino e a escolha de Héracles: paixões, virtude e purificação. Hypnos, São Paulo, ano 14, n. 20, p. 61- 74, 1 sem. 2008. ISSN 2177-5346. Disponível em: hypnos.org.br/arquivos.

OLIVEIRA, Loraine. A exegese de mitos em Plotino e Porfírio. Archai, Brasília, n. 1, p. 73-94, jul. 2008. ISSN: 1984-249X. Disponível em: academia.edu.

OLIVEIRA, Loraine. A genealogia mítica Urano, Cronos e Zeus em Plotino. Revista de Estudos Filosóficos e Históricos da Antiguidade, Campinas, n. 25, p. 109-133, jul. 2008/jun. 2009. ISSN 2177-5850. Disponível em: academia.edu.

OLIVEIRA, Loraine. Discursos míticos e figuras míticas: o uso dos mitos nas Enéadas de Plotino. 2008. 290 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2008. Disponível em: bibliotecadigital.ufmg.br/tese.

OLIVEIRA, Loraine. Plotino: as Musas e a Filosofia. Cuadernos de Filosofia, v. 50, p. 91-100, outono 2008.

PIAUÍ, William de Siqueira. Boécio e o problema dos futuros contingentes. Princípios, Natal, v. 15, n. 23, jan./jun. 2008, p. 205-232. ISSN: 1983-2109. Disponível em: periodicos.ufrn.br/principios/article.

Plotino. Sobre a saída (I, 9 [16]). Tradução e notas: Fernando Eduardo de Barros Rey Puente. In: Puente, F. E. B. R. (Org)Os filósofos e o suicídio. Belo Horizonte: UFMG, 2008. p. 63-65.

Plotino. Enéada III.8 [30]: Sobre a natureza, a contemplação e o Uno. Introdução, tradução e comentário: José Carlos Baracat Júnior. Campinas: UNICAMP, 2008. 192 p. Originalmente apresentada como dissertação de mestrado, Universidade de Campinas, 2002.

REALE, Giovanni. Plotino e neoplatonismo: história da filosofia grega e romana, 8. Tradução Henrique Claudio de Lima Vaz e Marcelo Perine. São Paulo: Loyola, 2008. Tradução de Storia della filosofia greca e romana. Vol. 8: Plotino e il neoplatonismo pagano. Milano: Bompiani, 2004.

SAVIAN FILHO, Juvenal. Estranhamento do mundo, cosmologia e ética: em torno de uma poesia de Boécio. Filosofia Unisinos, São Leopoldo, v. 9, n. 1, p. 12-18 jan./abr. 2008. ISSN 1984-8234. Disponível em: revistas.unisinos.br/publicacoes.

SAVIAN FILHO, Juvenal. Metafísica do ser em Boécio. São Paulo: Loyola, 2008. Originalmente apresentada como tese de doutorado, Universidade de São Paulo, 2005.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino. In: PECORARO, Rossano (Org.). Os filósofos clássicos da filosofia: de Sócrates a Rousseau, 1. Rio de Janeiro: Vozes, 2008, p. 86-104.

ULLMANN, Reinholdo Aloysio. Plotino e os gnósticos. In: Oliveira, Terezinha (Org.). Antiguidade e medievo: olhares histórico-filosóficos da educação. Maringá: EDUEM, 2008. p. 97-117.

2009

BAUCHWITZ, Oscar Federico; BEZERRA, Cícero Cunha (Org.). Imagem e silêncio: atas do I Simpósio Ibero-Americano de Estudos Neoplatônicos, tomo 1: do neoplatonismo pagão ao neoplatonismo cristão. Natal: EDUFRN, 2009. 500 p. (Coleção Metafísica).

BRANDÃO, Bernardo Guadalupe Lins. A união da alma com o Um na filosofia de Plotino. Síntese, Belo Horizonte, v. 36, n. 114, p. 87-105, 2009. ISSN: 2176-9389. Disponível em: faje.edu.br/periodicos/Sintese. 

CASTANHEIRA, Carolina Parizzi. De institutione musica: livro 1. Tradução e comentários do livro 1 obra de Boécio, De institutione musica. 2009. 153 f. Dissertação (Mestrado em Estudos Literários) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

COELHO, Cléber Duarte. A antropologia como itinerário para a felicidade no De consolatione philosophiae de Boécio. 2009. 150 f. Tese (Doutorado em Filosofia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009. Disponível em: repositorio.ufsc.br.

COELHO, Cleber Duarte. Boécio leitor de Aristóteles: uma ética eudaimonista. Peri, Florianópolis, v. 01, n. 01, p. 50-56, maio 2009. ISSN 2175-1811. Disponível em: nexos.ufsc.br/index.

FERREIRA, Elisa Franca e. O homem, a alma e o vivente: a definição do homem nas Enéadas de Plotino. 2009. 165 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009. Disponível em: bibliotecadigital.ufmg.br.

MALUF, Lilian ChavesDaniel no Antro das ninfas: um estudo sobre o desafio de Porfírio ao status profético das revelações daniélicas e sobre a réplica de Jerônimo. 2009. 164 f. Dissertação (Mestrado em História Cultural) – Universidade de Brasília, Brasília, 2009. Disponível em: repositorio.unb.br.

MARSOLA, Mauricio Pagotto. De Parmênides ao Parmênides e retorno: um aspecto da exegese plotiniana (V 1 [10] 8, 1-27). In: TAORMINA, P. (Org.). L’essere del pensiero Saggi sulla filosofia di PlotinoNapoli: Bibliopolis, 2009, p. 221-246.

OLIVEIRA, Paulo César Lage de. A metáfora do espelho: o múltiplo como imagem do Uno em Plotino. 2009. 287 f. Tese (Doutorado em Filosofia). Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2009.

PINHEIRO, Marcus Reis. Plotino, exegeta de Platão e ParmênidesInSANTORO,  F.; CAIRUS, H.; RIBEIRO, T. (Org.). Acerca do Poema de Parmênides. Rio de Janeiro: Azougue, 2009, p. 175 -184.

SCHIOCHETT, Daniel. O tempo na terceira Enéada de Plotino. Peri, Florianópolis, v. 01, n. 01, p. 11-20, maio 2009. ISSN 2175-1811. Disponível em: nexos.ufsc.br/article.

VIEIRA NETO, Ivan. Aspectos do sagrado: uma teologia do paganismo no De Mysteriis Aegyptiorum de Jâmblico de Cálcis. In: VICENTE, J. J. N. B.; CAMPOS, R. C. (Org.). A história escrita: possibilidades de construção da pesquisa historiográfica. Goiânia: Editora Vieira, 2009. p. 129-150.

VIEIRA NETO, Ivan. O êxtase neoplatônico: a experiência do sagrado na filosofia tardo-antiga. Chrônidas, Goiânia, v. 1, n. 3, p. 112-122, abr. 2009. ISSN : 1984-266X.

2010

BAL, Gabriela. Em busca do não-lugar: a linguagem mística de Plotino, Jâmblico e Damáscio à luz do Parmênides de Platão. 2010. 196 f. Tese (Doutorado em Ciências da Religião) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2010.

MARQUES, Rudinei dos Santos. A convergência ao Uno no contexto das Enéadas. 2010. 84 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010. Disponível em: repositorio.pucrs.br.

MORAES, Emmanuel Victor Hugo. O silêncio de Eros: amor e olhar em Plotino. 2010. 78 f. Dissertação (Mestrado em Filosofia). Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2010.

PINHEIRO, Marcus Reis. A cena de enunciação no tratado Sobre o Belo de Plotino. In: BAUCHWITZ, O. F.; BEZERRA, C. C. Imagem e silêncio: do neoplatonismo pagão ao neoplatonismo cristão. Natal: Edufrn, 2010. p. 61-80.

Plotino. Enéada II: a organização do cosmo. Introdução, tradução e notas de João Lupi. Petrópolis, Vozes, 2010. Tradução do texto grego estabelecido por Henry & Schwyzer.

Répertoire bibliographique

Deux répertoires bibliographiques seront publiés prochainement dans le volume Plotin et les Gnostiques, Luciana Gabriela Soares Santoprete et Anna Van den Kerchove (ed.), Brepols, en préparation.

Le premier consacrés aux travaux concernant Plotin et le gnosticisme et le deuxième consacrés aux travaux concernant les néoplatoniciens après Plotin et le gnosticisme. Voici les titres respectifs de ces articles:

1. Soares Santoprete, Luciana Gabriela, « La polémique antignostique chez Plotin : un répertoire bibliographique ».

2. Soares Santoprete, Luciana Gabriela, « Les néoplatoniciens postérieurs à Plotin et le gnosticisme : un répertoire bibliographique ».

D’autres répertoires sur des thèmes liés à ces derniers ont déjà été publiés:

3. Van den Kerchove, A. – Soares Santoprete, Luciana Gabriela, « Bibliographie de Jean-Daniel Dubois », avec Anna van den Kerchove, dans Gnose et Manichéisme. Entre les oasis d’Egypte et la Route de la Soie. Hommage à Jean-Daniel Dubois. Anna van den Kerchove et Luciana Gabriela Soares Santoprete (éd.), Turnhout, Brepols, BEHE 176, 2017, p. 19-32.

Accéder ici

4. Soares Santoprete, Luciana Gabriela, « Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo da Antiguidade Tardia. Parte I: Histórico da pesquisa », Revista Archai : Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, n° 5, juillet 2010, p. 151-212.

Cet article constitue la première partie du travail de recherche qui a réalisé, de manière inédite, la première liste complète des références bibliographiques lusophones à propos des philosophies néoplatoniciennes de l’antiquité tardive. Dans celui-ci, il est expliqué l’origine, les objectives et les défis de ce travail, la liste des auteurs et des ouvrages recherchés, la méthodologie employée et l’état du catalogage des périodiques consulté en 2003 dans les archives portugaises et en 2009-2010 dans les archives brésiliennes.

 Accéder ici

5. Soares Santoprete, Luciana Gabriela – Oliveira, Loraine – Freitas de Caldas, Emmanuelle, « Anexo à Parte I do Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo da Antiguidade Tardia », by Luciana Gabriela Soares Santoprete et Loraine Oliveira, Revista Archai : Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, n° 5, juillet 2010, Universidade de Brasília, Brésil, p. 213-313.

Cet article constitue une annexe à la première partie du travail de recherche qui a réalisé, de manière inédite, la première liste complète des références bibliographiques lusophones à propos des philosophies néoplatoniciennes de l’antiquité tardive. Dans celui-ci, il est présenté l’état du catalogage des périodiques recherchés par nous-même et Loraine Oliveira en 2009-2010 dans les archives des bibliothèques de l’Universidade Federal do Rio de Janeiro, de l’Universidade de Brasília, de la Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, entre autres, ainsi qu’en différentes archives électroniques. Emmannuela Freitas de Caldas a participé de la révision finale.

Accéder ici

6. Soares Santoprete, Luciana Gabriela – Oliveira, Loraine – Freitas de Caldas, Emmanuelle, « Primeiro repertório bibliográfico dos estudos em língua portuguesa dedicados ao Neoplatonismo. Parte II : Elenco de autores e títulos », Revista Archai : Revista de Estudos sobre as Origens do Pensamento Ocidental, juillet 2010, Universidade de Brasília, Brésil, p. 232-278.

Cet article constitue la deuxième partie du travail de recherche qui a réalisé, de manière inédite, la première liste complète des références bibliographiques lusophones à propos des philosophies néoplatoniciennes de l’antiquité tardive. Dans celui-ci, il est fournit une présentation technique du système de catalogage adopté, une analyse à propos de l’ensemble des données collectées, une liste chronologique de tous les travaux rencontrés (livres, articles, thèses, dissertations) et ses résumés, ainsi que quatre index : un index d’auteurs contemporains, un index de traducteurs, un index d’auteurs anciens et un index par thèmes.

Accéder ici

Des bibliographies thématiques sur des auteurs concernés par la base de données sont présentées aussi dans le Carnet de recherche. Voici la liste et les liens des bibliographies disponibles:

  1. Oracles Chaldaïques et Gnosticisme
  2. Porphyre contre les Chrétiens
  3. Orphée et Orphisme
  4. L’histoire du médioplatonisme
  5. Hermétisme
  6. Néoplatonisme après Plotin et Gnosticisme
  7. Proclus
  8. Oxford Bibliographies in Philosophy